Alerta sobre a aceleração de disseminação do SARS-CoV-2

A Sociedade Rio-grandense de Infectologia (SRGI) une-se ao Centro Estadual de Vigilância em Saúde e a 21 entidades gaúchas e sociedades médicas para alertar a população sobre o aumento da transmissão da Covid-19 no Rio Grande do Sul.

O ALERTA RECOMENDA ações efetivas que possam diminuir a transmissibilidade da COVID-19, conforme as evidências científicas disponíveis:

1. Diminuir a circulação de pessoas.
a. Ficar em casa.
b. Respeitar o distanciamento físico de 2 metros entre pessoas que moram em casas diferentes.
c. Evitar/não realizar reuniões públicas, viagens ou atividades não essenciais.

2. Identificar e isolar pessoas sintomáticas ou casos suspeitos da COVID-19
a. Testar pessoas sintomáticas ou contactantes de forma ativa e oportuna.
b. Garantir isolamento de todas as pessoas com caso suspeito ou confirmado.

3. Usar de forma adequada máscaras e higienizar as mãos.

Leia a nota na íntegra no link: srgi.org.br/alerta-maximo.pdf.

Compartilhe